mídia e artigos

/ VALOR ECONÔMICO / publicada em setembro/2016

Stato lança serviço para CEO sem trabalho

A presidente da Stato, Patricia Epperlein, fala sobre o STATO Prime

Com um histórico de 25 anos de atuação na área de recrutamento e recolocação de executivo da média gerência, a Stato anuncia uma nova divisão para assessorar dirigentes do alto escalão. A Stato Prime surge para ajudar presidentes, vice-presidentes e membros do C-level que perderam o posto a fazer a transição de carreira. A presidente da Stato, Patricia Epperlein, diz que o serviço pode atender tanto pessoas físicas como jurídicas. Ela conta que em razão da crise mais CEOs vêm buscando essa prática por conta própria.
Quando um profissional é o número um da companhia às vezes é mais difícil para ele aceitar a demissão e enxergar outras possibilidades de trabalho além do mundo corporativo. "Um CEO pode não reconhecer o networking poderoso que formou estando à frente do cargo", diz Patrícia. É aí que o trabalho da Stato Prime começa, explica. "Nós ajudamos os executivos a descobrirem a melhor maneira de abordar os próprios contatos, de introduzir uma conversa sobre mercado e mostrar a própria disponibilidade do jeito certo."
Perder o sobrenome corporativo pode desconcertar um executivo. "Ele precisa saber como comunicar essa mudança de status nas redes sociais, por exemplo, mas muitos nunca se preocuparam com isso antes", explica Patrícia.
Embora o mercado esteja pouco favorável para a recolocação no alto escalão de empresas, ela lembra que existem outras possibilidades de trabalho para profissionais experientes, na faixa dos 50 anos para cima. Abrir a própria empresa, comprar uma franquia ou oferecer consultoria são as opções que mais atraem esse tipo de executivo. "O cuidado é que nem todo mundo tem habilidade para vender o próprio serviço como consultor, por exemplo. É muito diferente de comandar uma empresa", diz.
A ideia da Stato Prime é discutir com esses CEOs as possibilidades de carreira além do mundo corporativo. "Às vezes, o momento é de dar uma parada, fazer um curso rápido em uma escola de negócios de primeira linha e ampliar o networking, ou até de estudar para se tornar conselheiro", afirma.
Desde 2012, a Stato é sócia fundadora da Career Star Group, empresa global de transição de carreira, presente em 70 países. Também é parceira da InterSearch, que reúne empresas de seleção de executivos em 50 países. Atualmente, possui escritórios em São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Campinas.